Menu

domingo, 21 de outubro de 2012

De Z á A - Filmes de Todos os Tempos...

Tema da semana Ficção / Guerra   e a letra F.

Filme: Fahrenheit 451
Título Original: Fahrenheit 451
Duração: 112 minutos
Ano: 1966
Gênero: Ficção Cientifica / Fantasia
País de Origem: França / Reino Unido
Sinopse: O Filme se passa em um futuro inexistente, onde os livros são proibidos por um regime que acredita que as pessoas só são felizes se todos forem iguais e para isso não podem desenvolver conhecimentos nem sentimentos diferenciados, além do mais os livros são considerados perigosos as pessoas que os liam ficavam sentimentais, infelizes,  improdutivas, e se tornavam anti-sociais. Devido esse regime todo aquele que era pego com um livro ou que agia de forma inadequada era preso e reeducado, nas casas onde haviam livros escondidos se houvesse denuncia da parte de algum parente ou vizinho, lá iam os bombeiros juntavam todos os livros e ateavam fogo ali mesmo no meio das salas, os bombeiros eram os responsáveis pelos incêndios  (sim!!!!)  as casas são anti-fogo, por isso não havia risco, poucas ainda eram casas normais.
Montag é um desses bombeiros que está prestes a receber sua promoção, quando na volta para casa depois de um dia de trabalho conhece Clarisse no metrô. Eles conversam um pouco e ela interessada em saber mais sobre como é ser um bombeiro o enche de perguntas, uma jovem bonita, inteligente e curiosa, Montag era introvertido, não falava além do que era questionado, e então antes de se despedirem ela o questiona se nunca leu um livro antes de queimá-lo, e se ele era feliz. Com aqueles questionamentos na cabeça o bombeiro chega em casa e lá está sua esposa, em frente a televisão que passa  ininterruptamente um programa de chamado A família onde a apresentadora chamada de "Prima" da as noticias e o entretenimento. Linda também muito bonita e jovem, era o que podemos chamar de totalmente alienada, tomava remédios compulsivamente assim como grande parte da população estimulantes para coragem, para dormir, para acordar, para se manter calmo e etc...
Montag se vê naquele ambiente onde a esposa acredita ter participado de um programa respondendo questões em frente a TV,  na manhã seguinte tudo seria diferente, ele acaba escondendo um livro e o levando para casa depois de um dia de trabalho, após o primeiro livro lido, Montag não resiste e se torna um habito roubar os livros que deveria queimar e esconde-los em casa, Linda é contra aquela atitude ilegal, Clarisse e Montag estão mais próximos são bons amigos e a jovem que não foi aceita no teste para ser professora chora em sua companhia.
Após um incêndio em que uma mulher ateou fogo em si mesma para queimar com seus livros e sua casa que era antiga e por isso se destruiria nas chamas, Montag começa a se questionar se aquilo é certo, e bola um plano para destruir o poder. Implantar um livro na casa de cada um dos bombeiros assim destruindo-os aos poucos. Mas é tarde de mais, a casa de Clarisse e o tio é a próxima a ser encontrada, a jovem escapa e Montag desesperado para encontrá-la tenta buscar informações. Os dois se encontram na linha do metrô e ela pede sua ajuda para destruir um documento com endereços de bibliotecas secretas, os dois terminam o trabalho e ela lhe conta que está partindo para à terra dos Homens-Livro explica o caminho e parte. Montag volta para o quartel onde decidido a largar tudo é convencido pelo chefe á fazer um último trabalho, quando se depara com sua própria casa e Linda de malas prontas partindo ele se apavora, sua esposa sem aguentar a situação fez uma denuncia, quando começam a queimar tudo ele não impede, mas um livro em especial deixa Montag fora de controle ele usa o lança chamas contra seu superior e salva o livro fugindo em busca dos homens -livro.
Sem parar ou olhar para trás ele finalmente chega ao vale, onde tudo é calmaria, é recebido por um homem que se apresenta como "O Diário de Henri Brulard por Stendhal", e o leva para ver o noticiário onde mostram cenas da captura e morte de Montag, uma falsa captura para que as pessoas temam o poder. Depois ele é apresentado a outros livros, e ali todos são o livro que mais leram ou gostaram, quando a lei de destruição dos livros foi criada um homem decorou seu livro favorito para que ele não se perdesse em cinzas e outros o fizeram e assim espalhados pelo mundo uma minoria indesejada, os Homens-livros guardam a história literária da humanidade, aguardando o dia em que serão chamados para declamar seus escritos e assim verem os livros sendo impressos novamente.
Montag encontra Clarisse que agora é "As memórias de São Simão" e ele mesmo começa a decorar o livro que salvou de ser queimado, "Histórias de Mistério e Imaginação por Edgar Allen Poe".
FIM.
Opinião Pessoal:  Todos os amantes de livros devem assistir, gente é um dos filmes mais lindos que já vi surrealista, mas incrível!
Ele tem quase meio século de existência e retrata uma sociedade não muito diferente da nossa, onde pessoas alienadas vivem em frente a TV, fazendo, "vivendo"  e obedecendo tudo que lhes é imposto! Pesquisei que alguns produtores já quiseram refilmar este filme porém sem sucesso, alguns por falta de orçamento, por desistência  e até porque a história original não caberia em nosso futuro. Mas vendo este filme e com a ideia de que homens-livros possam ditar os livros para serem reescritos me lembrei de outra super produção da atualidade, "O Livro de Eli"  um filme lindo também  Eu não só indico esse filme como acho que deveria ser regravado sim com o mesmo contexto! E Acho que Nicolas Cage ficaria perfeito no papel de Montag rsrsrsrs (fui longe agora!)
Onde Assistir:  YouTube


Extras:  Acho que todos sabem que Fahrenheit (°F) é uma medida de temperatura assim como os nossos Graus Celsius(°C),  451 é a temperatura exata em que o papel dos livros incendeia e começa a queimar. Para saber quanto isso equivale na nossa temperatura é só calcular ...
Fórmula
°C=(°F-32)/1,8.

Tá bom a resposta é 232,78 °C (será que é quente?kkk)
1 Grau °F equivale á -17,22 °C (Congelei só de ler!!!!)
Chega de aula néh?!!!!


Não vou aguentar de curiosidade... 
Digamos que hipoteticamente o mundo estivesse prestes a ser parcialmente destruído (como em tantos filmes que já vimos) essa seria uma boa solução decorar os livros para salvar milhares de exemplares. 
Mas e aí, qual livro você gostaria de ser?
Eu estou em uma dúvida cruel, ser Anjos e Demônios de Dan Brow, ou Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll! Amo os dois! 

Um comentário:

  1. Poxa que pergunta dificil, tem tantos livro... Acho que eu seria Alice no país das maravilhas ^^

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião! Acredite ela é muito importante para mim!
Obrigada por ter passado aqui!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...