Menu

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Estou orgulhosa!


Já faz um mês, e eu ainda não contei para vocês! Não teve festa pelo menos não para mim, que não gosto dessas ladainhas de confraternizações, mas estou muito feliz e orgulhosa comigo mesma! 

Chego a mais uma etapa vencida... 3 anos atrás comecei algo que não sabia ao certo se eu iria terminar. Algo que eu precisava provar que conseguiria, era questão de orgulho! Questão de honra. 
Muitas vezes pensei em desistir, foi difícil erguer a cabeça e seguir em frente, quando a vontade de ficar em casa era maior, quando o dinheiro faltou para pagar as prestações, quando me sobrecarreguei com trabalho faculdade e casa e precisei de ajuda para seguir. 
Quando quis matar todos que estavam lá, e não suportava respirar o mesmo ar que aquelas pessoas, essas mesmas que aos poucos fui aprendendo a conviver, que em sua singularidade são pessoas cada uma com seus defeitos e qualidades.
Chego agora finalmente ao fim de uma parte do caminho... 
Se minha vida fosse um vídeo game, eu diria que está na hora de passar de fase, é hora de subir de nível, de upar as forças e encarar os vilões mais poderosos.
 Vida... Quem dera fosse um jogo.
Eu já passei por pilhas de livros, provas em cima de provas, trabalhos, apresentações, estágios em que aprendi e me ferrei para concluir os relatórios feitos entre uma postagem do blog, uma refeição dos cachorros, um dia de aula dada, uma noite de trabalho no aeroporto uma meia noite mal dormida e no fim entregues na data certa! Depois da raiva, do cansaço e da preguiça! 
Eu passei de ano, e passei de novo, e agora eu passei pela última vez, agora sim acabou... 
E hoje eu digo, todo aquele orgulho toda a honra está não mais no fato de mostrar que consegui, e sim em saber que eu escolhi amar o que faço, eu escolhi ensinar o que sei, eu escolhi e só sei que sinto o peito cheio de orgulho de ter escolhido o que nasci para fazer.
Eu queria agradecer a DEUS, se eu não fizesse alianças fortes com ele hoje eu não estaria aqui!
Ele sabe a hora certa de pôr ideias em minha cabeça, e sabe a hora exata de passar a mão em meu ombro e me segurar para que eu não torne o passo maior do que posso suportar. 
Eu escolhi ser eu mesma e não me render ao capricho de fingir ser simpática  fingir concordar com a decoração que não escolhi, o lugar que não opinei, o blablabla todo que não tenho paciência para ouvir. Não me "formei" como todos gostam, porque não sou como todos! Fiz do meu jeito, sem um monte de coisas desnecessárias, por que afinal de contas, o importante eu conquistei  - meu diploma! Suado, trabalhado, desenvolvido, só MEU! E por isso, não preciso de uma festa para exibir aos outros, preciso apenas da certeza que sou feliz assim! 
No fim do Ensino Médio usamos como slogan a frase em que dizia: "Não é o fim da caminhada, mas sim o início!" 
E agora eu digo de novo, AINDA não é o fim da minha caminhada...
Pricila Fontoura, Finalmente Pedagoga (Professora Por natureza) rsrsrs
Foto básica, detalhe do celular postando tudo no face. hahah


2 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Eu também curso pedagogia, e tem horas que sinceramente eu me pergunto o que eu estou fazendo da minha vida.
    Meus parabéns! Por que estudar e trabalhar não é fácil.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que faz pedagogia sabe no começo eu me perguntava será que é isso que eu quero, mas aos poucos eu tive mais certeza, eu não vivo sem as crianças ao meu redor, e nossa foi difícil, mas consegui e já comecei a pós-graduação! beijos Tudo de bom e que você consiga alcançar esse momento como eu!

      Excluir

Deixe sua opinião! Acredite ela é muito importante para mim!
Obrigada por ter passado aqui!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...