Menu

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Eu fui embora...


E eu nesse mar de incertezas ainda me perco nas ruas tentando encontrar teu olhar.
Se viro a esquina e vejo uma sombra meus olhos acompanham o andar, meu coração dispara e a expectativa me corrói.
Me destrói.
Espero todo entardecer que abra aquela porta que até hoje mantenho encostada, na esperança que me abrace e diga que foi culpa minha mas que está tudo bem! 
Ando sem rumo por vezes pegando a estrada da vida em sentido único, mas as curvas parecem me enganar e a distância só aumenta a solidão. 
Ouço sem parar aquelas músicas que ontem me fizeram sorrir as lágrimas me deixam em paz levam um pedaço das lembranças que me assombram.
É uma oscilação de sentimentos conturbados envolvidos na vontade, mergulhados na saudade presos pelo medo.
E até um dia quem sabe dois, a despedida nunca aconteceu do jeito certo, quando não se quer dizer adeus fica mais fácil fugir. 
Peguei minhas tralhas e me retirei do teu coração só não percebi que arrastei comigo um pedaço de ti que não me deixa esquecer, não me deixa!
By:(P.)ricila Fontoura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião! Acredite ela é muito importante para mim!
Obrigada por ter passado aqui!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...