Menu

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Falando em Livros: O Lado Bom da Vida - Matthew Quick

Lembram quando falei sobre o filme no Em Cartaz? E que me apaixonei por ele, ganhei de natal o livro, comecei a ler dia 02/01 e terminei de ler ontem.

Livro: O Lado Bom da Vida - Matthew Quick
Editora:  Intrínseca
Capítulos: -- Não é dividido em "capítulos" são trechos de um diário;
Páginas: 254
Resuminho:   Bom o livro conta a história narrada pelo personagem principal, Pat Peoples está escrevendo um "diário" compartilhando o turbilhão de emoções que tem vivido com o leitor. Quando conhece Tiffany uma garota estranha cunhada de seu melhor amigo, Pat começa uma forte amizade. Em uma família com o relacionamento abalado, saído de um hospital psiquiátrico (o lugar Ruim) Pat está em uma constante batalha contra si mesmo, para ser um homem melhor e ter de volta sua amada Nikki. De quem está separado a anos apesar de não se lembrar de absolutamente nada e só perceber aos poucos que na verdade os "meses" que viveu no lugar ruim foram longos, a ponto de seu melhor amigo ter uma filha, seu irmão estar casado, e os jogadores de seu time de futebol terem sido alterados. A história mostra as sessões com o terapeuta, as idas ao Linc com o irmão e os amigos, as corridas com Tiffany, a montagem de seu "filme" onde o final é bem enrolado até ser decidido. As cartas de Nikki. Em um enredo muito minucioso com riquezas de detalhes contados por Pat.
Opinião: Para começar vou dizer que AMEI o livro, apesar do medo que eu estava de não gostar pois vi o filme e como já repeti hoje mesmo, eu me apaixonei pela adaptação de David O. Russel. Achei no começo um pouco cansativo pois não via o desenrolar da história(que por sinal eu pensava que conhecia) de repente tudo muda e as coisas começam a acontecer tão rápidas que dá vontade de dizer, CALMA! Por favor mais umas páginas. Mas no fim eu gostei do que li, o jeito como tudo termina, o fim totalmente diferente do filme.
Sim vou fazer uma breve comparação, existem apenas 3 coisas a se considerar: 1º Existem cenas no filme desconhecidas no livro!
2º Existem fatos no livro totalmente diferentes do filme.
3º Ambos me fizeram chorar!
Trechinho para dar água na boca: [...] Vire-se, olhos brilhantes - diz Tiffany.
Isso é uma coisa muito estranha para ela dizer, porque meus olhos são castanhos e não têm muito brilho, mas é claro que eu me viro.
- Vou lhe dar algo que vai confundi-lo,  e talvez até o deixe furioso. Não quero que você abra até que esteja se sentindo muito relaxado. Hoje à noite está fora de questão. Espere alguns dias e, quando estiver se sentindo feliz, abra esta carta.
Ela puxa um envelope branco do bolso e o entrega para mim.[...] pág.158

PS: Filmes são feitos para atender determinado publico, livros são publicados, e o publico os escolhe! Assim não podemos criticar o filme que não é uma "cópia" exata do livro, por que isso seria atender apenas aos leitores daquele livro. Enquanto uma adaptação mostra a ideia do livro sob um olhar diferente da forma como os "não-leitores" gostariam de ver!
Isso é só uma opinião unicamente minha e sem base nenhuma! 


3 comentários:

  1. Oi Pri

    vi o filme neste fds. Os livros são muito mais ricos nos detalhes.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Oi Pri! Tudo bem? Eu estou bem ansiosa pra ler o livro, estou com ele aqui! Já vi o filme, e sinceramente me apaixonei. Minha amiga leu o livro e vive me falando pra ler logo, mas antes tenho alguns pra terminar. :p Estou com bastante expectativa!

    Controvérsias

    ResponderExcluir
  3. oii, comecei a ler esse livro e demorei um pouco a me acostumar com o estilo do autor, mas como já vi o filme umas três vezes e aqui em casa todo mundo adora, resolvi investir na leitura, que por sinal está se revelando mto legal!
    Abs.
    Graci Rocha
    http://gracirocha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião! Acredite ela é muito importante para mim!
Obrigada por ter passado aqui!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...