Menu

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

O Indiano - Tantas Vidas e Um Balcão.


Teve uma noite em que eu estava atordoada com tantas pessoas chegando até mim, as portas do desembarque não paravam de abrir, ainda era outono e o aeroporto não parava de funcionar durante a noite, de repente um homem, de pele morena, aparentando ser indiano, carregando suas malas e com um celular na mão me pedia, em inglês, insistentemente para que eu o ajudasse a ligar para alguém.
Preciso dizer que eu não falo uma única palavra em inglês, embora não sei como, eu entendo muito do que eles tentam dizer, eu acredito que seja a linguagem corporal, a forma de falar se movendo que me faz entender, mas eu não sei dizer NADA e ai vem o problema como explicar que eu não conseguiria ligar em um telefone celular.
Bom enfim, eu não sei como entendi o que ele pediu, nem como expliquei o que estava passando, peguei meu celular para fazer a ligação ai precisei de mais ou menos uns 5 minutos para conseguir ligar, porque meu celular estava com defeito e acreditem bem naquela hora ele decidiu parar de funcionar, liguei e desliguei ele umas 20 vezes até que finalmente consegui ver algo na tela, o suficiente para conseguir digitar os números e realizar a ligação.
Do outro lado da linha uma mulher atendeu, normalmente afinal meu número era qualquer um desses com mesmo DDD que o dela, poderia ser apenas um engano, mas não, seu amigo de quem eu não sabia nem o nome havia me pedido para ligar,  pedi um momento e ele seguiu falando em inglês do meu aparelho com ela, ele me pediu para dizer onde estávamos, expliquei onde, e ela imediatamente disse que estava nos vendo e iria nos encontrar.

Ela me agradeceu, ele me agradeceu, e tentou falar português OBRIGADO muito torto mas disse, me perguntaram quanto custou e lógico que não cobrei uma ligação de R$0,25. Não ficaria mais rica nem mais pobre com isso, mas fiquei feliz de ajudar.  Eu não descobri de onde ele era afinal, mas aquele jeito não enganava era indiano com certeza.  Eles se foram, e nunca mais os vi por ali como tantos outros.

Pricila Fontoura

Um comentário:

Deixe sua opinião! Acredite ela é muito importante para mim!
Obrigada por ter passado aqui!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...