Menu

sábado, 6 de outubro de 2012

Aos bisbilhoteiros de plantão...





E se eu fingir que não entendo... ainda assim preciso ouvir o que se fala por ai?
Por que é mesmo que as pessoas se envolvem com o que não são chamadas?
São tantas vozes ao mesmo tempo que minha alma fica atordoada, eles não cansam de apontar!
Apontam erros, medos, falhas e problemas, seus olhos são como metralhadoras disparando em direção nenhuma como se o alvo fosse qualquer "inimigo" ao lado.
Por que é mesmo que eles não se olham no espelho?
Seguem destratando, envenenando, usando palavras para ferir como se a dor alheia lhes enchesse os pulmões de ar. 
E quando criticam pisam bem forte naquele que cai, que sucumbi aos ataques.
Pessoas tão previsíveis,  incapazes de viver a própria vida, soberanos na arte de fofocar,  cuidar do que não lhes pertence.
Por que é mesmo que não fecham seus olhos? Tampam seus ouvidos e calam suas bocas, infames, cheias de um fluído mortífero? 
Ah sim, é por que a vida infeliz que lhes resta os transformam em pessoas amarguradas,  É que cuidar da vida que não podem ter  só prova a inveja brotando no fundo de cada um!  É querer ser o que nunca conseguirá, e desejar o que já mais vai alcançar!
Pobres seres infelizes, sem vida própria para cuidar!
By:(P.)

Um comentário:

Deixe sua opinião! Acredite ela é muito importante para mim!
Obrigada por ter passado aqui!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...