Menu

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Sem ele.

Últimas fotos que tiramos, domingo dia 25/08;

Se você for pensar: "-De novo o mesmo assunto;" Não leia!

Meu blog é um espelho do que sou, é um espaço onde o que sinto é transformado em texto, onde transbordo o que me sufoca, e justamente por isso não posso mudar de assunto.
Minha dor não cabe em mim, e a cada minuto que passa ela só piora, a cada movimento, a cada novo dia tudo que faço me lembra o que aconteceu há exatos 7 dias!
Sim, uma semana sem meu Scorpion, sem meu amado grandão.
Domingo voltei de férias do emprego do turno da noite, e achei que com isso um pouco dessa aflição fosse passar, ERRO! 
A dor começou antes mesmo de sair de casa, quando entrei no quarto e olhei para o lugar em que ele costumava ficar sentado em frente ao espelho enquanto eu fazia esse ritual diário de prender cabelo, vestir uniforme, fazer maquiagem, ele adorava ficar ali parado olhando para a TV de certa distância, enquanto eu tentava chegar perto do espelho.
Depois teve a hora do café, que tem me torturado todos os dias, olhando para porta ele não estava lá para comer os pedacinhos de pão que eu jogava.
A noite parecia ser apenas mais uma de trabalho, e como de costume eu liguei para casa para saber como...
Nessa hora engoli a seco no telefone eu quase perguntei:
"-Como tá o Scorpion?!" 
Eu fazia isso todas as noites de 3 a 10 vezes por noite, monitorava cada suspiro dele, e isso me trouxe novamente a triste lembrança que ele não está mais aqui.
Lágrimas são frequentes atualmente, até mesmo sem pensar em nada.
Noite acabada, peguei meu carro e vim para casa, qual não foi minha frustração quando as luzes dos faróis iluminaram a parede do fundo da garagem e ele não apareceu vindo lentamente ao meu encontro como fazia todas as noites no meu horário de chegar, ele sabia a hora exata! 
Eu ainda estou inconsolável, e queria mesmo que vocês me compreendessem , não vou poder dizer que estou feliz, se eu não estou!
_________


Algum dia, vou olhar para ontem e sentir apenas um aperto no coração.
Vou saber que apesar de toda dor, o melhor por você foi feito.
Vou contar a quem não te conheceu o grande cara que você foi.
Vou dizer a filha que ainda não tenho que você foi o melhor amigo da mamãe!
Algum dia, vou sentir que a distância entre nós é só um momento espiritual;
vou saber que em breve estaremos unidos de novo.
Até lá a saudade vai tentar me matar, as lágrimas vão continuar, a dor as vezes será maior que eu!
Mas vou me lembrar sempre com muito amor que você está MELHOR, que você nunca gostou de me ver chorar, que você esteja onde estiver está me vigiando! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião! Acredite ela é muito importante para mim!
Obrigada por ter passado aqui!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...