Menu

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Em teus braços.


Por muito tempo foi tudo um engano, tive dúvidas, tive medos, atitudes precipitadas, que em nada nos conciliava. 
Hoje senti um apresso por teu toque, a saudade do teu calor, de tuas mãos de encontro as minhas, das manhãs em que resisti ao sair da cama porque a companhia era mais agradável 
Saber que tenho alguém para quem correr quando não mais posso aguentar. 
Que todos os dias posso ligar mil vezes e ainda que eu grite, brigue ou simplesmente fique muda me atenderá.
Alguém pra quem voltar, que cuida de mim com tanto carinho e empenho que mesmo que faça tudo errado me ganha pela tentativa.
Hoje tentei dizer mas por fim escrevi que nossa história parecia não ter muito onde ir, quando a ideia de uma ausência real, despertou o encanto que escondido repousava.
Se te digo hoje que ao teu lado encontrei meu caminho, é por ter entendido que tua calma é passional, teus argumentos legítimos e teu amor verdadeiro. 
De um jeito indelicado, eu me recosto em teu peito e sei que em teus  braços estarei segura.
Pricila Fontoura

Um comentário:

  1. Eu não sei pq, mas qdo deitamos no peito do amado, a gente se sente mais segura rs...

    bjokas =)

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião! Acredite ela é muito importante para mim!
Obrigada por ter passado aqui!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...